Pipocas de Oreo: a receita mais simples do mundo

Domingo à noite cá em casa é quase sempre sinónimo de noite de cinema. E hoje vou ganhar muitos pontos. Acho que é desta que vou ser eleita a “Melhor Mãe de Sempre”! Como quero convencê-los a ver um dos meus filmes preferidos, “Cinema Paraíso”, tenho de ter um trunfo na manga. Vão refilar, não vão querer ver um fillme “do século passado”; “Lá está a mãe com a mania dos filmes vintage”; “Aposto que é mais um para nos pôr todos a chorar” (neste ponto acertaram).

Mas hoje tenho um argumento imbatível. Quando ainda estiverem eles a começar a abrir a boca, já estarei eu a espetar-lhes com esta receita, recorrendo ao meu método infalível:

– Ou vêem o filme que eu quero ou não há pipocas com oreo para ninguém!

Já imagino o silêncio na sala. Choque. E o diálogo:

– Pipocas de quê?

– Oreo.

– Desde pequenos que o nosso sonho era ver “Cinema Paraíso”. Só pode ser um grande filme.

– Bem me parecia.

A má notícia é que esta receita é um atentado a todas as regras de alimentação saudável, a boa notícia é que só precisa de três ingredientes. Veja só como é simples.

 

Ingredientes

  • 170 g de chocolate branco derretido
  • 1 saco de pipocas de microondas
  • 10 bolachas oreo esmagadas

Faça as pipocas no microondas e retire o milho que sobra. Misture o chocolate branco derretido e as bolachas oreo esmagadas. Espalhe por cima das pipocas e misture cuidadosamente com as mãos. Coloque numa tigela grande e deixe arrefecer durante 5 a 10 minutos. Vai ver que com esta tigela à frente, os seus filhos até vão querer ver a obra completa de Stanley Kubrik.

 

Inline
Inline